Com a proximidade das eleições, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) costuma intensificar suas campanhas na TV e no rádio. Neste ano, o órgão também está usando o Facebook para se comunicar com eleitores.

A rede social já mostrou para alguns usuários um aviso sobre o fim do prazo para emissão do título de eleitor. O comunicado diz que se você quiser votar nas eleições desse ano, precisa fazer o documento até 9 de maio.

Há também um link para o site do TSE com mais detalhes sobre como regularizar o título de eleitor. O aviso é exibido entre no feed de notícias entre as publicações de seus amigos e não se trata de um post patrocinado.

Procurado, o TSE disse que se trata de uma parceria institucional com o Facebook. A campanha não teve nenhum custo e foi oferecida ao tribunal gratuitamente.

O órgão também afirmou que impulsiona algumas de suas campanhas nas redes sociais. No Twitter, por exemplo, uma campanha trata da identificação do eleitor pelo seu nome social.

“São custos pequenos de veiculação, comparados aos de produções para a TV, por exemplo”, disse uma porta-voz do TSE. “Reiteremos que se tratam de campanhas planejadas e segmentadas por tipo de público, já que as plataformas das redes permitem essa escolha”.

A campanha também serve para transformar o Facebook em um espaço de participação política, assim como o que acontece nos EUA. No ano passado, a rede social passou exibir alertas sobre eleições locais, mas desde 2008, “convoca” os usuários a votarem para presidente.