Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Engitech is a values-driven technology agency dedicated.

Gallery

Contacts

411 University St, Seattle, USA

+1 -800-456-478-23

Sem categoria

Encontrar planetas orbitando estrelas muito distantes do nosso Sistema Solar já não é novidade. Milhares dos chamados “exoplanetas” já foram catalogados por observatórios ao redor do mundo, e muitos deles se parecem com a Terra.

Mas uma equipe de pesquisadores europeus conseguiu encontrar algo realmente inédito no ramo da astronomia: evidências de um planeta ainda em estágio inicial de formação, na órbita de uma estrela localizada a 370 anos-luz da Terra, publicadas no jornal Astronomy and Astrophysics.

Planetas são formados em discos de poeira, pedras e gás – os chamados “discos protoplanetários” – que se surgem no entorno de uma estrela recém-nascida. No caso, a PDS 70, que fica na constelação de Centauro, tem menos de 10 milhões de anos.

O disco protoplanetário orbitando a PDS 70 era uma hipótese estudada desde 1992. Sua existência foi confirmada em 2006, mas só agora cientistas usando instrumentos do VLT, um campo de telescópios gigantescos no Chile operados pelo Observatório Europeu do Sul, conseguiram detectar um planeta dentro do disco.

O instrumento utilizado na descoberta se chama Sphere. Ele é capaz de não só fotografar planetas distantes como também de gerar uma caracterização espectroscópica e polarimétrica de exoplanetas, como a imagem que se vê no topo deste texto.

Foi usando o Sphere que os cientistas puderam detectar um ponto no meio do disco protoplanetário em que a luz da estrela PDS 70 era interrompida, deixando um rastro de vácuo em meio à poeira e aos gases da região. Evidência suficiente de que se trata de um planeta em formação.

Os estudos da equipe do ESO indicam que o planeta tem de duas até 17 vezes a massa de Júpiter, sua superfície tem cerca de 1.100 graus Celsius de temperatura e ele deve ter apenas 5,4 milhões de anos. Hominídeos já caminhavam sobre a Terra quando este planeta começou a nascer.

A distância entre o planeta recém-nascido e sua estrela é 22 vezes maior que a distância entre a Terra e o Sol. Ele leva 118 anos (em tempo terráqueo) para dar uma volta completa em torno da PDS 70. Segundos os astrônomos que fizeram a descoberta, porém, há muito o que aprender sobre este novo exoplaneta.

“A medição do espectro nos dá uma visão sobre como são as atmosferas planetárias num estágio inicial de vida”, disse Miriam Keppler, do Instituto Max Planck de Astronomia, na Alemanha, que participou da descoberta, ao Gizmodo. “Isso é muito importante para calibrarmos modelos teóricos que preveem as propriedades dos planetas à medida em que eles evoluem.”

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
Criado por WP RGPD Pro