Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Engitech is a values-driven technology agency dedicated.

Gallery

Contacts

411 University St, Seattle, USA

+1 -800-456-478-23

Sem categoria

O Google modificou a lista de conteúdo proibido para aplicativos da Play Store, a loja de aplicativos oficial para celulares Android, para proibir a mineração de criptomoedas. A proibição não foi anunciada pelo Google, mas desenvolvedores comentaram o assunto no Twitter e no Reddit. Sites especializados em criptomoedas também repercutiram o fato nesta quinta-feira (26).

A atividade de mineração utiliza o processador do computador (ou do celular ou tablet, se for o caso) para participar de uma espécie de “loteria” em que a atividade computacional compra “apostas” que podem render novas criptomoedas para quem ganhar o processo.

As novas regras proíbem apenas aplicativos que realizam mineração no próprio celular. Ainda é permitido listar na Play Store aplicativos que gerenciem carteiras ou até mineração em sistemas remotos, como servidores ou serviços de mineração “em nuvem” por assinatura.

A mineração é um processo existente em diversas criptomoedas (“moedas virtuais”), como Bitcoin, Ethereum e Monero. Ela exige que os chamados “mineradores” utilizem um imenso poder computacional para gerar “hashes” (representações numéricas criadas a partir de uma fórmula predefinida) que atendam a um critério estabelecido pela rede. Só quem obtém um hash válido pode criar o “bloco” que agrega novas transações financeiras; se o hash não for válido, é preciso gerar outro e seguir tentando. Em troca desse trabalho de tentativa e erro, o minerador pode ficar com novas moedas que são atreladas ao bloco.

Embora um celular não tenha grande potência para fazer uma contribuição significativa, um dono de aplicativo popular poderia adicionar um código de mineração em seu aplicativo e ganhar milhares de “colaboradores” para seu processo de mineração. Essas pequenas contribuições, quando somadas, se tornariam significativas.

Como não houve nenhum anúncio sobre a proibição, não está claro por que o Google adotou a medida. Quando proibiu a criptomineração em extensões do navegador Chrome em abril, o Google justificou declarando que as extensões com essa atividade em sua maioria violavam a regra de funcionalidade (que diz que cada extensão deve ter apenas uma função) ou eram maliciosas.

A atividade de mineração pode ser perigosa em celulares. Como o uso do processador faz o aparelho aquecer e aumenta a carga na bateria, o celular pode acabar tendo problemas. Foi o caso do vírus Loapi, que, em um teste da fabricante de antivírus Kaspersky Lab, deformou a bateria do aparelho, danificando smartphone. Desde então, até vírus que realizam a mineração de criptomoedas adotam freios para evitar que a praga danifique o celular.

Na App Store, a loja oficial do iPhone e iPad, os aplicativos de mineração estão bloqueados desde junho. Por enquanto — como a medida do Google é nova –, ainda é possível encontrar aplicativos de mineração na Play Store.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
Criado por WP RGPD Pro