Nasa anuncia equipe que fará primeiros voos de ‘fretado espacial’ em 2019

Em 2019, pela primeira vez, a agência espacial norte-americana, a Nasa, vai terceirizar missões ao espaço. As empresas SpaceX e Boeing levarão astronautas dos Estados Unidos à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) e, nesta sexta-feira, 3, os nomes da equipe foram anunciados.

A SpaceX e a Boeing já têm contratos com a Nasa para missões não-tripuladas e outras operações em Terra. A primeira já enviou suprimentos para astronautas a bordo da ISS diversas vezes em foguetes reutilizáveis como o Falcon 9, até mesmo um experimento brasileiro.

Agora, as duas empresas se preparam para estrear o serviço de “fretado espacial” nos EUA. Desde 2011, o país não lança astronautas a partir de solo norte-americano, utilizando, em vez disso, foguetes e bases de lançamento na Rússia que são mais caras.

A Boeing será encarregada de transportar, num voo de teste, os astronautas Eric Boe, Nicole Aunapu Mann e Chris Ferguson. Este último não é funcionário da Nasa, mas da Boeing. Será o primeiro funcionário de uma empresa privada a chegar ao espaço.

Após este voo teste, a Boeing fará uma missão oficial: levar os cientistas John Cassada e Suni Williams para a ISS a bordo do foguete Starliner. O plano é realizar os lançamentos no primeiro semestre do próximo ano.

Já o primeiro voo de teste da SpaceX terá a bordo Doug Hurley e Bob Behnken. Num segundo voo – este, sim, uma missão oficial, e não um teste -, a empresa levará Victor Glover e Mike Hopkins para a ISS, em abril de 2019.

O programa da Nasa de exploração espacial comercial começou em 2014. Boeing e SpaceX já receberam US$ 6,8 bilhões em contratos com a agência espacial. O prazo original para as missões terminava em 2014, então não se assuste se as missões anunciadas nesta semana forem adiadas para depois de 2019.

By |2018-08-03T18:51:11+00:00agosto 3rd, 2018|Sem categoria|