Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Engitech is a values-driven technology agency dedicated.

Gallery

Contacts

411 University St, Seattle, USA

+1 -800-456-478-23

Sem categoria

Recentemente, os Correios anunciaram uma nova taxa de R$ 15 que será aplicada a absolutamente todos os pacotes vindos do exterior. Essa situação criou um desafio grande para empresas que lidam diretamente com importação de produtos da China, como é o caso da Wish, que declarou abertamente que pode rever sua operação no Brasil diante da nova taxa.

O grande problema da Wish, e de outras empresas similares como Aliexpress e Gearbest, é que muitas das compras realizadas pelos brasileiros na plataforma são muito baratas. Quando os Correios acabam incluindo uma taxa de R$ 15 sobre uma compra de, por exemplo, R$ 4, o negócio deixa de ser interessante para o consumidor.

Em entrevista à revista Veja, Nicola Azevedo, executivo responsável pela operação da Wish na América Latina explicou que o Brasil é um dos 10 maiores mercados da companhia no mundo, mas que a cobrança realizada sem aviso prévio pode forçar a empresa a investir seu dinheiro em outras localidades. Azevedo também menciona que a companhia até tenta negociar uma alternativa com os Correios, mas até o momento não há novidades.

A estatal justifica essa cobrança com o aumento das importações nos últimos anos, que varia entre 100 mil e 300 mil objetos por dia. Segundo a empresa, foi preciso “injetar mais recursos na operação para manter o padrão do serviço”. A companhia ainda destaca que o valor cobrado é “menor que a média praticada por outros operadores logísticos”.

Essa nova taxa se refere “às atividades de suporte ao tratamento aduaneiro realizados pelo operador postal” — ou seja, recebimento de objetos, inspeção por raio X, disponibilização de informações online e outras ações executadas pelos Correios.

A expectativa dos Correios é de que a cobrança de R$ 15 por encomenda importada pode gerar aos cofres dos Correios entre R$ 1,5 milhão e R$ 4,5 milhão por dia, o que pode vir a gerar mais de R$ 90 milhões por mês. Na prática, há pouco incentivo para que os Correios revejam essa nova taxa.

No entanto, a estatal tem sofrido, sim, alguma pressão externa para ao menos explicar melhor o motivo da cobrança e o que pretende fazer com o dinheiro extra. Tanto o Procon-RJ quanto a Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor), órgão vinculado ao Ministério da Justiça, abriram investigações para questionar a prática, mas não há qualquer indicativo de que eles consigam reverter o processo.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
Criado por WP RGPD Pro