Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Engitech is a values-driven technology agency dedicated.

Gallery

Contacts

411 University St, Seattle, USA

+1 -800-456-478-23

Sem categoria

Museu Nacional do Rio de Janeiro agora pode ser visitado virtualmente no Google Arts & Culture; imagens foram capturadas em 2017.

Mesmo que seja reconstruído, o Museu Nacional, no Rio de Janeiro, nunca mais será o mesmo, afinal, o incêndio que o atingiu em 2 de setembro acabou com a maior parte do seu acervo. Mas pelo menos é possível fazer um passeio virtual que mostra como o museu era antes da tragédia: agora, o local faz parte da plataforma Google Arts & Culture.

Não estamos falando de uma iniciativa recente. Lançada em 2011 com o nome Google Art Project, a plataforma foi criada justamente para permitir visitas virtuais a museus e galerias de arte de várias partes do mundo, bem como oferecer vasto material explicativo sobre as peças expostas. A tecnologia usada é a mesma empregada no Google Street View.

Várias instituições já fazem parte do projeto, entre elas, o Museu Van Gogh (Amsterdã), a Casa Batlló (Barcelona), o MoMA (Museu de Arte Moderna de Nova York) e o MASP (Museu de Arte de São Paulo).

A plataforma Google Arts & Culture é interessantíssima. Você pode descobrir detalhes sobre museus ou galerias que talvez nunca venha a conhecer pessoalmente ou obter mais informações sobre lugares já visitados, mas que, por qualquer que seja a razão, você não pode conferir como gostaria.

Mas isso é um tanto óbvio. O que chama atenção aqui é que o Museu Nacional colocou o Google Arts & Culture diante de uma situação inesperada. Os organizadores do projeto nunca imaginaram que a plataforma acabaria servindo para preservar a memória de um museu destruído.

Museu Nacional - tour virtual

O acordo entre Google e Museu Nacional foi fechado em 2016. As capturas de imagens em 360 graus foram realizadas ao longo de 2017. Chance Coughenour, gerente de preservação histórica do Google Arts & Culture, explica que todo o trabalho foi orientado por funcionários do museu, que indicaram quais partes deveriam ser incluídas no tour virtual.

Estima-se que 60% das áreas do Museu Nacional abertas à visitação pública tenham sido incluídas na plataforma. A visita virtual começa pelo jardim frontal do museu e, quando entra no prédio, destaca a exposição de Luzia, o fóssil mais antigo das Américas — e que foi parcialmente recuperado após o incêndio.

Foto por Tomaz Silva/Agência Brasil

Museu Nacional após o incêndio

A área de paleontologia, o meteorito do Bendegó, as coleções de zoologia, os artefatos africanos e o sarcófago de Sha-amun-en-su estão entre as várias outras exposições do Museu Nacional que podem ser conferidas no tour.

Além de imagens, a visita virtual tem narração. A página do Google Arts & Culture dedicada ao Museu Nacional disponibiliza ainda fotos e textos explicativos sobre diversos itens.

Não é a mesma coisa que conhecer o museu “ao vivo”, mas, diante das circunstâncias, é uma tremenda sorte que esse trabalho tenha sido realizado.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
Criado por WP RGPD Pro