Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Engitech is a values-driven technology agency dedicated.

Gallery

Contacts

411 University St, Seattle, USA

+1 -800-456-478-23

Blog

Cabo submarino EllaLink vai conectar cidades do Brasil, Portugal, Espanha e França; Telebras não vai investir dinheiro


O cabo submarino EllaLink entre Brasil e Europa finalmente está sendo construído. Ele vai ligar as cidades de São Paulo, Fortaleza, Lisboa (Portugal), Madri (Espanha) e Marselha (França). Este projeto foi elaborado em 2012 para nossa conexão à internet depender menos dos EUA, e recebeu mais atenção após o escândalo de espionagem da NSA. A Telebras decidiu apenas comprar capacidade do cabo, em vez de investir dinheiro.

O EllaLink terá 9.200 km de extensão com quatro pares de fibra, capacidade total de 72 Tb/s e vida útil de 25 anos. Ele vai passar pelas cidades de Praia Grande (SP), Fortaleza (CE) e Sines (Portugal), oferecendo conectividade para as capitais. O cabo está sendo construído pela Alcatel Submarine Networks (ASN), que faz parte da Nokia, e deve começar suas operações em 2020.

Cabo entre Brasil e Europa cria rota sem passar pelos EUA

O projeto foi elaborado pela Telebras em 2012, mas ganhou força no ano seguinte após as revelações de documentos vazados por Edward Snowden. A NSA (Agência de Segurança Nacional) conseguia espionar o e-mail e ligações de brasileiros, incluindo de altos membros do governo e da então presidente Dilma Rousseff.

Por isso, autoridades brasileiras decidiram investir em um cabo submarino ligando nosso país à Europa, a fim de depender menos dos EUA. Como você pode notar, isso demorou bastante. Havia até a ideia de criar um serviço nacional de e-mail chamado Mensageria Digital e comandado pelos Correios, mas isso não foi para a frente.

Além disso, como a Telebras não tem dinheiro para financiar um cabo submarino, ela decidiu apenas comprar o “direito irrevogável de uso”. Ou seja, a estatal se comprometeu a adquirir capacidade do EllaLink quando ele estiver pronto. A dona do cabo é uma empresa europeia também chamada EllaLink.

Já existe um cabo transatlântico ligando a América do Sul à Europa: trata-se do Atlantis 2, ativado em 2000 com capacidade de apenas 20 Gb/s (ou 0,02 Tb/s).

Em 2018, foram ativados outros cabos submarinos no Brasil. O SACS (Sistema Atlântico Sul Cabo) liga Fortaleza a Luanda, na Angola; o SAIL (South Atlantic Inter Link) vai de Fortaleza até Camarões, na África; enquanto o BRUSA conecta nosso país aos EUA.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
Criado por WP RGPD Pro