Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Engitech is a values-driven technology agency dedicated.

Gallery

Contacts

411 University St, Seattle, USA

+1 -800-456-478-23

Blog

A inclusão da medida no projeto de lei é defendida por deputados que fazem parte da “bancada da bala”.

O governo federal divulgou na semana passada a primeira versão de seu projeto de lei anticrime. O texto ainda não foi levado ao Congresso, mas alguns deputados defendem que a proposta trate também da instalação de bloqueadores de celulares em presídios.

Apresentado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, o texto receberá sugestões de congressistas. É o que indica o deputado federal Capitão Augusto (PR/SP), líder da Frente Parlamentar da Segurança Pública, conhecida como “bancada da bala”.

Ele garantiu que o projeto será editado para contar também com uma medida ligada aos bloqueadores de celulares. Ao TeleSíntese, Augusto afirmou que, mesmo se Moro não aceitar as sugestões dos deputados, o trecho será incluído no projeto quando ele chegar à Câmara.

Augusto defende que o bloqueio é responsabilidade do governo federal. “Obrigar as operadoras não resolve, porque é uma obrigação do Estado. Elas sofrem até ameaças”, afirmou o deputado ao site.

O parlamentar se refere ao projeto de lei aprovado em fevereiro de 2018 no Senado. De autoria do ex-presidente da Casa, Eunício Oliveira (MDB/CE), o texto estabelece um prazo de 180 dias após a sanção para que os bloqueadores sejam instalados em presídios.

Segundo Capitão Augusto, o projeto não prosseguiu por conta de relatos de ameaças feitas por facções criminosas às operadoras. “Elas foram ameaçadas antes mesmo de o projeto ter sido sancionado”, afirma.

O deputado diz, ainda, que o projeto de lei anticrime deverá ser facilmente aprovado, visto que a Frente Parlamentar da Segurança Pública conta, hoje, com 247 deputados. O número representa quase metade das 513 cadeiras da Câmara.

A proposta feita pela frente parlamentar não prevê quais órgãos realizarão a instalação, a manutenção e a compra dos bloqueadores. O projeto de lei anticrime deverá ser a primeira grande pauta a ser votada no governo do presidente Jair Bolsonaro.

Ela deverá ser discutida antes mesmo da reforma da Previdência, vista como o principal desafio da atual gestão. A proposta do campo da segurança pública propõe alterações em 14 leis e, por se tratar de um projeto extenso, poderá sofrer mudanças em sua tramitação na Câmara e no Senado.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
Criado por WP RGPD Pro