Facebook explica queda; falha foi causada por erro de configuração em servidor

Foram mais de 20 horas de instabilidade

O desastre de infraestrutura enfrentado pelo Facebook na última quarta-feira, 13, quando a rede social, o Instagram e até o WhatsApp foram impactados e ficaram instáveis agora tem uma justificativa. A empresa comentou o caso no Twitter, afirmando se tratar de um “servidor mal configurado”.

“Ontem, como resultado de uma alteração em configurações de um servidor, muitas pessoas tiveram problema para acessar nossos aplicativos e serviços. Nós já resolvemos os problemas e nossos sistemas estão se recuperando. Lamentamos muito pelo inconveniente e apreciamos a paciência de todos”, diz o comunicado da empresa.

O comunicado com a justificativa para uma queda nos serviços do Facebook é pouco usual. Como os “apagões” costumam ser rápidos, a empresa não costuma explicar o que ocorreu. Dessa vez, no entanto, o impacto foi tão grande que a equipe de comunicação da companhia precisou dar uma explicação.

Essa foi a maior queda já enfrentada pelo Facebook desde que se tem notícia. Foram cerca de 20 horas de instabilidade, atingindo basicamente tudo que envolve a empresa, incluindo até mesmo os serviços da plataforma de realidade virtual da Oculus. Até então, o recorde de tempo de instabilidade havia sido registrado em 2008, numa época em que a rede social tinha apenas 125 milhões de usuários.

Até então, a única informação que o Facebook havia divulgado sobre o problema foi que não se tratava de um ataque DDoS, como muitos suspeitaram. Também chegou a ser especulado que se tratava de um “vazamento de rota”, quando usuários e serviços não conseguem se comunicar por um problema na infraestrutura de rede que forma a internet global.

By |2019-03-14T21:10:43+00:00março 14th, 2019|Latest Articles|