Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Engitech is a values-driven technology agency dedicated.

Gallery

Contacts

411 University St, Seattle, USA

+1 -800-456-478-23

Blog

Os testes da GlobalCoin devem começar este ano, mas o Facebook ainda precisa tratar de barreiras regulatórias.

O Facebook quer permitir a transferência de dinheiro por meio de seus aplicativos e, para isso, trabalha em sua própria criptomoeda. A expectativa da empresa é que a GlobalCoin, como ela deverá se chamar, seja lançada em 12 países no primeiro trimestre de 2020.

Segundo a BBC, que publicou a informação, o Facebook deve apresentar mais detalhes da GlobalCoin até setembro e iniciar os testes até o fim de 2019. As discussões sobre a criptomoeda fazem parte do Project Libra, que existe ao menos desde dezembro de 2018.

 

O objetivo da companhia é permitir que usuários realizem pagamentos a empresas e transferências para amigos e familiares mesmo que não tenham conta em banco. E com os planos de integrar WhatsApp, Instagram e Messenger, é provável que o recurso não seja exclusivo ao Facebook.

Por enquanto, ainda há discussões com órgãos como o Tesouro dos Estados Unidos e empresas como a Western Union. O Facebook precisará superar barreiras regulatórias dos países onde deseja atuar. Na Índia, por exemplo, o governo estuda banir criptomoedas.

O plano é desenvolver uma stablecoin, isto é, uma moeda menos volátil que o bitcoin, por exemplo. O preço da GlobalCoin seria atrelado a uma cesta de moedas já estabelecidas como o dólar, o euro e o iene.

A empresa também analisa questões operacionais e busca maneiras mais rápidas e baratas de converter dinheiro para a GlobalCoin. Além disso, há conversas para convencer empresas de comércio eletrônico a aceitarem a criptomoeda como forma de pagamento.

Entre os envolvidos no Project Libra, está David Marcus, que desde maio de 2018 lidera a divisão de blockchain do Facebook. Ele chefiou o Messenger por anos, mas antes foi CEO do PayPal e um dos conselheiros da Coinbase, uma das principais casas de câmbio de moedas digitais do mundo.

O desafio do Facebook não se limita às regulações e aos acordos com outras empresas. Após escândalos como o da Cambrige Analytica, será preciso também convencer os usuários de que manter seu dinheiro com a empresa de Mark Zuckerberg é, de fato, uma boa ideia.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
Criado por WP RGPD Pro